Giselle no Cinemark

9 dias sem postar… Desculpas! Mas como eu já havia dito aqui, é o meu último ano no ensino médio então eu tenho aulas à tarde alguns dias da semana, e quando eu não tenho, ou eu vou fazer dever e estudar pra alguma prova ou vou descansar, daí fico sem ânimo nenhum pra postar. Ou seja, um período longo sem posts pode acontecer com frequência. Além disso, tenho ensaios da companhia da dança. Vou dançar sabe quantas coreografias? 6 em 11. 4 do Ballet e 2 do Ballet+Dança do Ventre. Duas eu ainda tenho que aprender pois é de uma apresentação de 2009, quando eu ainda não fazia ballet. Agora nós mudamos de rota. Vai ser em uma cidadezinha mais perto daqui.

Enfim, pra não ficar só nessa de falar da minha vida com a dança, senão fica muito monótono, como eu estou totalmente sem assunto, vai um vídeo que acabei de ver. E a Giselle representada por quem? Marianela Nuñez. Parece que a gravação foi feita no cinema mesmo. A Cyndi foi e conta aqui e aqui.

Ah! Só pra lembrar que mesmo que eu poste pouco aqui no blog, estou sempre postando no Tumblr, se serve de consolo.

 

O Casal no Jornal Hoje

Minha mãe que me avisou que iria passar uma entrevista dos dois no Jornal Hoje. Ah, desculpa! Não sabe de quem estou falando? É da Marianela e do Thiago. Um dos casais mais lindos do ballet clássico.

NOSSA! Eu nem fiquei doidinha quando vi, né?! E o Jornal Hoje ainda apresentou cenas de O Lago dos Cisnes (que eu nem gosto, né?!).

Quem falou mais foi o Thiago, a Marianela falou só uma frasezinha que eu nem entendi direito. E é como a narradora do Jornal disse: “A cumplicidade torna tudo mais doce.”

Quem perdeu e quer assistir, é só clicar aqui

E aqui, tem uma outra entrevista com o Thiago que eu encontrei ao acaso.

Qual é melhor? (2)

Primeiro os resultados do Qual é melhor (1):

Royal Ballet – 33%

American Ballet Theatre – 33%

Bolshoi Ballet – 17%

Kirov Ballet (Mariinsky) – 17%

Paris Opera House – 0%

——————————

Hoje, o que será julgado é a variação da Fada Lilás,do prólogo, do ballet A Bela Adormecida. Em vez de julgarmos as companhias, julgaremos as bailarinas.

Não quero saber de preguiça de ver os vídeos, dessa vez eles são bem menores que a edição anterior.

– Marianela Nuñez: 

Como sempre: DIVINA e graciosa! Nem preciso dizer mais nada.

– Daria Vasnetsova:

Não me impressionou tanto por causa dos movimentos mais rasgados. PS: Não significa que não gostei.

– Maria Allash:

Gostei dos movimentos mas faltou mais emoção.

– Daria Pavlenko:

Muito boa também, mas não supera a Marianela.

– Sarah Fontaine: (tenho quase certeza)

Só achei um pouco rasgada em alguns movimentos.

Agora é hora de votar! 

PS: Tenho novidades que postarei depois.

Cojocaru como Odile

Fiquei surpresa quando vi o vídeo abaixo. Sério mesmo! Nunca tinha parado pra pensar na Alina interpretando a Odile. Gosto muito da Alina Cojocaru (na verdade praticamentos todos os primeiros bailarinos da Royal), mas pra mim ela tem um rosto angelical, inocente.

Assisti o vídeos duas vezes. Da primeira, não entrou na minha cabeça que ela estava como o cisne negro, então pra mim não combinava de jeito nenhum ela e a Odile, ou seja, não me agradou muito. Porém, da segunda vez que eu vi, outro dia, já conformada com a situação, eu gostei mais do vídeo. Só achei que ela deveria ter passado uma batom vermelho pra dar um TCHAM!

Aniversário do Blog

O blog está completando 1 aninho de “vida”. E eu não poderia deixar passar em branco, né?!

Então, como hoje é um dia especial e eu não tenho dinheiro pra fazer sorteios de acessórios bailarinísticos (quem sabe um dia?), vou presenteá-los com um vídeo que vi recentemente e fiquei fã, principalmente do bailarino Ivan Vasiliev. É um pas de deux dele com a Natalia Osipova (eles são noivos na realidade) em Chamas de Paris. Lindo, lindo! Mas antes de assistirem, gostaria de agradecer por todo esse ano de blog que com certeza só existe por ter alguém que o leia, se não eu já teria deletado há muito tempo, porque eu não iria ficar escrevendo à toa, pra ninguém ler, né?!