Solo e Pas de Deux

Não sei se essa coreografia tem um nome, então coloquei esse título mesmo. Na verdade ela (minha professora) fez um tango, e como o meu amigo que eu tinha comentado que veio só pra dançar (eu comentei?), acabou fazendo um pedacinho, só que a parte dele é mais puxada pro clássico.

Ah, e quanto à coreografia da água, ainda estou pensando se posto.

Beeijos

As 4 Estações

Terceiro post seguido somente com os vídeos da apresentação, né?! Agora falta eu postar só mais um… das coreografia que participei, porque se alguém lá da Corpore me pedir pra postar outras coreografias, eu posto.

Essa foi a nossa coreografia de abertura. Por favor, eu sei que vocês vão achar muitos erros, mas levem em consideração o nosso nervosismo por dois motivos: era abertura e na ponta. Tecnicamente, é a minha primeira apresentação mesmo que eu danço com a sapatilha de ponta.

Acredito que já expliquei essa coreografia em outro post.

Ah, eu tinha esquecido de falar quem sou eu… eu sou a mais baixinha da turma, pra melhorar, a que faz o terceiro solo e está com a manga até o cotovelo.

Os 4 Elementos

Postei ontem no Youtube o vídeo da coreografia que participei com o pessoal da dança do ventre, mas infelizmente ele está sem áudio por causa dos direitos autorais. É uma pena! Dança sem música não dá, né?! É por isso que há dois vídeos aí em baixo: uma com a música e o outro com a coreografia de nossa apresentação.

Entretanto, a música foi cortada em duas partes: a primeira é no início, foi por causa da edição do vídeo, até porque é no inicinho que nós entramos; e a segunda é no meio da música. Por isso, coloquei o tempo da música de acordo com a coreografia, logo abaixo:

  •  0:24 a 1:40;
  • 2:29 até o final.

ATENÇÃO: Este tempo não é o de corte, é das partes em que a música rola.

Agora, algumas informações sobre a coreografia:

  • Caso vocês queiram saber quem eu sou: a primeira da esquerda para a direita quando começa a dança;
  • As três de branco representam o AR; as três de azul representam a ÁGUA; as três de vermelho representam o FOGO; e as três de verde representam a TERRA.

Espero que consigam acompanhar os dois vídeos ao mesmo tempo.

Nuances de Outono

E os DVDs das duas apresentações já ficaram prontos. Ficaram lindos demais! Então eu resolvi passar uma das coreografias pro YouTube. Assim que der, eu vou passar mais, ok?!

Essa é a coreografia que não deu pra gente dançar no Teatro, logo, ela foi apresentada em uma Praça aqui na minha cidade. Eu sou a menor de todas, pra ficar mais fácil pra vocês, eu sou a primeira da esquerda para a direita. Espero que vocês gostem! Ah, e só pra vocês ficarem situados, no final, as meninas que entram com outro figurino e dançam com a gente são da próxima coreografia e a gente dança com elas pra representar a mudança de estação: Outono – Inverno.

E no FESTIM…

Ultimamente estou meio desanimada pra escrever aqui, portanto se eu demorar demais pra postar aqui, já sabem…

Como prometido, vou falar sobre o Festival que o In-Cena participou.

A viagem e o FESTIM foram muito bons, muito mesmo. Assistimos várias peças, de vários tipos. Adorei a oportunidade! Foi uma experiência única.

Fomos na sexta e chegamos lá na sexta, e saímos de lá no domingo e chegamos aqui na segunda de madrugada. E foi exatamente no domingo que ocorreu a premiação dos espetáculos. E… tcham-tcham-ram-raaam…

Nós ganhamos 8 prêmios, foi o grupo que mais recebeu premiações. E eu ganhei um, o de melhor atriz coadjuvante. Nossa! Eu nem sabia como reagir na hora que falaram o meu nome. Não sabia se ria ou se chorava de emoção. Só sei que foi uma sensação única.

O grupo recebeu os prêmios de: Melhor Ator Coadjuvante de Espetáculo Infantil, Melhor Atriz Coadjuvante de Espetáculo Infantil, Melhor Ator de Espetáculo Infantil, Melhor Atriz de Espetáculo Infantil, Melhor Ator Revelação, Melhor Atriz Revelação, Excelência Profissional e Melhor Texto.

Algumas fotos:

Abaixo, algumas reportagens que saíram para vocês saberem mais:
InterTV – Jornal Líder dos Vales – Diário do Aço – Blog do Festim